quinta-feira

Citando Jorge Palma

O meu amor tem lábios de silêncio
e mãos de bailarina
e voa como o vento
e abraça-me onde a solidão termina
o meu amor tem trinta mil cavalos
a galopar no peito
e um sorriso só dela
que nasce quando a seu lado me deito
o meu amor ensinou-me a chegar
sedento de ternura
sarou as minhas feridas
e pôs-me a salvo para além da loucura
o meu amor ensinou-me a partir
nalguma noite triste
mas antes ensinou-me
a não esquecer que o meu amor existe


Jorge Palma, letra da canção: "O meu amor existe"

3 comentários:

Ana Teresa Bonilha disse...

lindo... mto lindo...

math_hild'spost disse...

se não conhecem a música é favor procurar, fica mais bonito com música...

Ana Teresa Bonilha disse...

:-)

obrigada pelo email!!! estou a esperar novos posts seus! ainda mais agora que sei que somos irmãs de albinisse cabelística!